ExpoPostos & Conveniência

De 26 a 28 de Julho de 2022

No São Paulo Expo

FALTAM -19 DIAS

15ª FEIRA E FÓRUM INTERNACIONAL DE POSTOS DE SERVIÇOS,
EQUIPAMENTOS, LOJAS DE CONVENIÊNCIA E FOOD SERVICE

Garanta sua vaga

Vanessa Campos
(11) 98939-2771

Bárbara Salles
(11) 94246-1722

POR QUE INSTALAR EQUIPAMENTO DE ENERGIA SOLAR EM POSTOS? VEJA AS VANTAGENS

28/09/2021

Investimento reduz a conta de energia elétrica em cerca de 95%

A ideia de o posto de combustível vender apenas combustível ficou definitivamente no passado. Os postos se tornaram verdadeiras soluções de conveniência, seja pela sua localização estratégia, seja pelos produtos e serviços oferecidos. Hoje é comum almoçar, fazer compras e se divertir em um happy hour no espaço desses estabelecimentos.

Ocorre que para proporcionar essas facilidades, os postos precisam operar vários freezers, geladeiras, iluminação durante 24 horas por dia, entre outros equipamentos elétricos, o que resulta em milhares de reais por mês na conta de energia.

Na maioria dos postos revendedores, o gasto com energia elétrica representa o maior custo mensal. Aliado a isso, as tarifas de energia aumentam a cada ano. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou em agosto deste ano que a chamada bandeira de escassez hídrica serviu para elevar a taxa de energia elétrica de R$ 9,49 para R$ 14,20 para cada 100 kilowatt-hora (KWh), um aumento de 50%.

Um caminho para diminuir significativamente esse custo é a instalação de um sistema fotovoltaico, ou seja, produzir energia elétrica a partir da captação da luz solar. Em outras palavras, o posto de combustível produz sua própria energia e pode reduzir a conta em 95%, informa a ITP Industrial, empresa especializada em soluções de energia solar e mobilidade elétrica para postos de distribuição de combustíveis.

Veja algumas vantagens ao investir em energia solar em posto de combustível, enumeradas pelo diretor comercial da ITP, Carlos Trotta:

1 Redução de mais de 95% na conta de energia. A energia solar pode ser uma grande aliada na economia do seu posto, já nos primeiros meses é possível sentir o retorno do valor investido.

2 Benefícios Fiscais. Para quem pensa em adotar o modelo de geração de energia limpa no posto, existem boas notícias! Em 2015 entrou em vigor a Lei nº 13.169 que isenta a arrecadação do PIS/COFINS em energia produzida e utilizada. Ou seja: a energia produzida e utilizada não é tributada, apenas aquela excedente que é “vendida” pela empresa produtora da sua região.

Outro ponto positivo é o desconto no IPTU do posto. O chamado IPTU Verde é oferecido em várias cidades brasileiras e tem como objetivo incentivar os moradores da região a adotarem medidas sustentáveis em suas propriedades. Cada município tem suas próprias condições, que podem chegar a 100% de desconto no valor do imposto.

3 Financiamentos próprios para energia solar. O retorno do valor investido geralmente chega a partir do segundo ano de utilização dos módulos solares, além de reduzir quase 30 toneladas de CO², o que é equivalente a 755 árvores plantadas. Para ajudar postos que querem se adequar a modalidade de energia sustentável, diversos bancos possuem linhas de crédito especificas para o modelo.

4 Tendência no mercado. Apesar de representar cerca de 2% de toda a produção energética do país, o Brasil é o 9º no ranking dos países que mais instalaram a modalidade de energia em 2020. Além disso, de acordo com dados da Aneel, o país já ultrapassou mais de 55% das instalações do ano passado até o dia 1º de junho de 2021 e a previsão é de que os índices do ano anterior sejam batidos em breve.

5 – Fácil manutenção. Por serem instalações em grande área no telhado, os equipamentos não ocupam área útil do estabelecimento. Quanto à limpeza e manutenção das placas, é bem simples e barato. Contudo, projetos fotovoltaicos em postos de combustíveis não são projetos simples, devem ser feitos com muita cautela e profissionalismo durante todas as etapas. Por isso, não faça a instalação com qualquer empresa, escolha uma especialista.

José Henrique Leopoldino é proprietário do Auto Posto Palmas de Ouro, em Santa Bárbara D’Oeste (SP), e há cerca de dois anos a ITP Industrial instalou o sistema fotovoltaico para obter energia a partir da luz solar. Segundo o proprietário, a conta de energia elétrica que era de R$ 3 mil reais mensais caiu para cerca de R$ 300,00.

As placas de captação de luz foram instaladas no teto do posto em um espaço de 17X17 metros. Praticamente toda a energia produzida é consumida pelo estabelecimento. Leopoldino disse que fez um financiamento bancário com prazo de cinco anos de pagamento para o investimento. “Tá sendo muito positivo”, definiu.