QUESTÕES AMBIENTAIS ENVOLVENDO O SETOR DE REVENDAS SÃO DEBATIDAS EM PAINEL DA EXPOPOSTOS

Data: 07/AGO/2015

O tripé formado pelo licenciamento ambiental dos empreendimentos, a gestão de áreas contaminadas e a escassez de recursos hídricos foram os temas do painel de Meio Ambiente do Fórum Internacional de Postos de Serviços, Equipamentos, Lojas de Conveniência e Food Service - uma das grandes atrações da ExpoPostos & Conveniência 2015 (www.expopostos.com.br/forum), o maior evento do setor de distribuição de combustíveis do País, que termina hoje (7 de agosto), em São Paulo.

O encontro foi moderado pelo secretário executivo da ABIEPS (Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos para Postos de Serviços), Eduardo Hiluey, e teve como debatedores o representante da CETESB, Geraldo Amaral, especialista em saneamento e gestão de áreas contaminadas; Bernardo Souto, engenheiro ambiental da Fecombustíveis, e Luiz Fernando da Silva, diretor de meio ambiente do SINDICOM.

Os postos de serviços se configuram como uma atividade comercial indispensável, porém, potencialmente poluidora. Contudo, o advento dos tanques de combustíveis com parede dupla e das tubulações de plástico semiflexíveis trouxe mais segurança ambiental ao mercado revendedor, que há anos já se conscientizou sobre a importância de uma gestão sustentável.
Apesar das tecnologias mais avançadas, o setor não desvia os holofotes das discussões ambientais. Nesse sentido, o primeiro assunto debatido no painel do Fórum foi sobre a possibilidade ou não do reuso da água de remediação, líquido de lençol freático que se encontra em área contaminada do posto.

Segundo Hiluey, da ABIEPS, já existe tecnologia disponível de tratamento e adequação da água de remediação, mas ainda não há regras que regulem esse processo. Apesar da inexistência da norma, Amaral, da CETESB, disse que o órgão estadual está aberto a tratativas sobre o tema. “Estamos atentos a essa questão e também acreditamos que a regulamentação seja benéfica, pois há uma preocupação com a qualidade da água de reuso, bem como com a saúde e bem-estar dos funcionários e frequentadores dos postos de serviços”, observou ele.

Bernardo Souto, da Fecombustíveis, lembrou que é grande o volume de água de remediação disponível nos postos, e o reuso para lavagem de veículos e outros fins seria uma iniciativa importante em favor da economia de recursos hídricos. “No entanto, deve haver uma norma nesse sentido, que englobe ainda a necessidade de manutenção de todo o sistema próprio de tratamento de água das revendas”, disse.

A questão do reuso da água é um tema relevante e também considerado positivo pelas distribuidoras de combustíveis, conforme salientou o diretor de meio ambiente do SINDICOM, Luiz Fernando da Silva. Para ele, todas as iniciativas são válidas, mas o dono do posto precisa cada vez mais implementar uma gestão que garanta a sustentabilidade econômica e ambiental ao negócio, pois o tratamento da água demanda altos investimentos.

Além do foco em água, os participantes do painel defenderam a ampliação dos prazos de licenças para os empreendimentos que efetivamente investem em equipamentos ambientais. No Estado de São Paulo, por exemplo, já existe essa previsão legal, que pode estender em um terço o tempo da licença de operação do posto, que hoje é de cinco anos.

No entanto, segundo o representante da CETESB, nenhum dos oito mil postos regularizados no Estado pleitearam o benefício. “Para conquistar a prorrogação, o empreendimento precisa apresentar iniciativas ambientais que vão além das previstas nas licenças, e também não deve possuir passivos ambientais”, explica Amaral.

O painel do Fórum Internacional de Postos ainda propôs a retomada, com pujança, das Câmaras Ambientais, atualmente pouco prestigiadas, mas que cumprem papel fundamental nas discussões e ações em prol da preservação do meio ambiente.   

Informações à Imprensa:
GPCOM Comunicação Corporativa

Débora Ferreira – deboraferreira@gpcom.com.br
Mário César de Mauro – mariocesar@gpcom.com.br 
Mariana Ferreira – mariana@gpcom.com.br

Giovanna Picillo
(11) 3129-5158

Leia também

Shell participa da ExpoPostos & Conveniência e reforça o novo posicionamento da marca no mercado Fornecedoras de equipamentos geram economia de água e redução de custos operacionais em postos de combustíveis Visitantes da ExpoPostos & Conveniência 2017 têm descontos em passagens aéreas e promoções em hospedagem
/ExpoPostos /ExpoPostos /ExpoPostos
Fagga | GL events Exhibitions
expopostos@expopostos.com.br
Rua Salvador Allende, 6.555
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro
Tel.: +55 21 2441-9100
Rod. dos Imigrantes, km 1,5
Água Funda - São Paulo
Tel.: +55 11 50 67-1717