São Paulo inicia programa de renovação de frota de caminhões

Data: 03/04/2013
Fonte: Agência CNT de Notícias - Aerton Guimarães


Aerton Guimarães


O Porto de Santos é o maior e mais importante do país. Na cidade portuária estima-se que circulem cerca de seis mil caminhões, responsáveis por levar e descarregar dos e para os navios mercadorias fundamentais para a economia brasileira. No entanto, esse transporte tem sido prejudicado pela idade avançada dos veículos.

Para mudar esse cenário, o governo de São Paulo implantou o Programa de Incentivo à Renovação da Frota de Caminhões (Renova SP). Os veículos são financiados pela Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP) e contam com juros zero – o subsídio é do estado.

O projeto piloto começou na cidade de Santos. “Dos seis mil caminhões da região, quase metade ou têm mais de 30 anos ou estão bem próximos de chegar a essa idade. O Renova SP foi muito bem recebido pelo caminhoneiro, ele está tendo uma oportunidade única. Se antes as prestações de um veículo novo chegavam a R$ 6 ou R$ 7 mil, hoje é possível comprar, com esse programa, pagando R$ 3 mil por mês”, disse o vice-presidente do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira (Sindicam-Santos), Clayton Domingues de Oliveira, à Agência CNT de Notícias.

Qualidade de vida
Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), cerca de 30% dos 610 mil caminhões registrados junto ao órgão têm mais de 30 anos e não respeitam as regras de redução de emissões, prejudicando a qualidade do ar, o trânsito e a vida dos profissionais do setor. O foco do Renova SP são os caminhoneiros autônomos e pessoas jurídicas enquadradas como microempreendedores individuais que prestam serviços no Porto de Santos, limitando o financiamento a um caminhão por beneficiário. São financiados a aquisição de caminhões, chassis, caminhões-tratores e cavalos mecânicos.

“Os caminhoneiros terão 96 meses para pagar e não pagarão juros. Esse programa da Desenvolve SP é pioneiro com foco na melhoria do meio ambiente e da qualidade de vida do motorista. Todos os caminhões novos são certificados e os velhos serão reciclados ou destruídos pra que não voltem a poluir”, explicou o governador Geraldo Alckmin (foto abaixo, no centro) durante a entrega simbólica de veículos no dia 23 de março, em Santos. O prazo de carência é de seis meses.

O programa Renova SP prevê que o novo caminhão financiado seja da fase P7 do Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve). Essa fase é mais conhecida como Euro 5, e os veículos que se encaixam nesta categoria são menos poluentes que as anteriores. Além disso, o governo de São Paulo também estipula que o veículo antigo seja retirado de circulação e suas peças totalmente inutilizadas e recicladas por empresas especializadas e licenciadas pela Cetesb e participantes do programa. Os recursos são da Linha BNDES Pró-caminhoneiro com a equalização dos juros feita pelo governo do estado.

O interessado pode simular seu financiamento diretamente no site da Desenvolve SP para saber exatamente quanto irá pagar em cada parcela. De acordo com o sindicato dos autônomos, o governo deve financiar, com essas taxas especiais, mil caminhões. “A procura está bem grande. Os caminhoneiro

Leia também

CEO da Google abre Fórum Internacional na ExpoPostos & Conveniência MEIO FILTRANTE - CEO da Google abre Fórum Internacional na ExpoPostos Conveniência Visitantes da ExpoPostos & Conveniência 2017 têm descontos em passagens aéreas e promoções em hospedagem
/ExpoPostos /ExpoPostos /ExpoPostos
Fagga | GL events Exhibitions
expopostos@expopostos.com.br
Rua Salvador Allende, 6.555
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro
Tel.: +55 21 2441-9100
Rod. dos Imigrantes, km 1,5
Água Funda - São Paulo
Tel.: +55 11 50 67-1717